November 10 2015

Jeniffer Elaina da Silva

24 carros são roubados por hora nas capitais

300x250

24 carros são roubados por hora nas capitaisVocê já pensou qual o risco que o seu carro corre de ser roubado se mora nas principais capitais do país?

Que todos os dias diversos carros são roubados não é nenhuma novidade, mas um levantamento realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e apresentado no 9º Anuário Brasileiro de Segurança Pública indicou que São Paulo, salvador e Porto Alegre apresentam o maior índice de roubo.

Esse levantamento usou como base os dados fornecidos pelas secretarias de segurança dos Estados e concluiu que em 2014 foram roubados 213.472 nas capitais brasileiras. Se formos parar para analisar, a cada 2 minutos e 30 segundos ocorre um novo roubo nesses lugares.

Porto Alegre a cidade que mais registra esses casos teve em 2014 um registro de 6.938 roubos o que representa um aumento de 6,04% em relação ao ano de 2013. Salvador em 2014 teve 6.371 casos de roubos um aumento de 23,43 em relação ao ano anterior.

São Paulo apesar de estar entre as capitais com maior número de roubos, apresentou uma diminuição quando comparado 2014 com 2013, houve uma queda nos índices de 2,7%. Mesmo assim os números ainda continuam altos, o que representam um roubo a cada 5 minutos ou 49.344 somente em 2014.

Quando comparadas essas cidades as médias nacionais, esses valores são muito altos, pois a média no ano de 2014 foi de 490,2.

Já o período de janeiro a agosto de 2015 registra uma queda no número de roubos em relação ao mesmo período do ano passado, o que representa uma queda de 11,64% na média nacional. A cidade de São Paulo também segue essa tendência e tem números ainda melhores, uma redução de 27,43% em relação ao mesmo período.

Isso só tem sido possível devido ao trabalho conjunto dos setores de inteligência policial e da Lei dos desmanches. Com isso está sendo possível exercer uma ação mais efetiva de combate ao crime ao mesmo tempo em que se inibe os desmanches ilegais.  Desde que a lei entrou em vigor 186 estabelecimentos foram fechados, o que diminui consideravelmente a comercialização ilegal de peças.

Porém para a diretora-executiva do FBSP os números de roubos ainda estão altos no país e precisam ser melhorados. Outro grande problema para ela é que muitas vezes esses roubos estão ligados a crimes contra a vida, principalmente o latrocínio e por isso é preciso intensificar o combate a esses crimes.

Uma dica é contar com um rastreador de carro, que pode ajudar na localização do veículo em pouco tempo, aumentando muito as chances de recuperação do carro sem maiores danos e até mesmo a prisão dos envolvidos no roubo.

Sobre o autor: Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina trabalha como Editora freelancer, tendo mais de três anos de experiência em escrita e revisão de artigos para web. É formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV Bauru. Sua maior paixão é poder compartilhar conhecimentos e aprender um pouco mais a cada dia.

Muitos leitores realizaram a cotação do seu Seguro Auto através de nosso site!

Preencha o nosso formulário e receba grátis as melhores propostas.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário

Os comentários estão encerrados.