Proteja o que é seu com um Rastreador!

Faça já uma cotação e receba várias propostas com os melhores preços do mercado!

Seguro parcial ou seguro completo: qual escolher?

Está em dúvida de qual seguro contratar? Conheça as opções.

Quem está pensando em contratar um seguro auto ou então renovar a apólice, precisa saber que existem duas modalidades no mercado, o seguro parcial e o completo. Cada um conta com coberturas diferentes para atender a um determinado perfil, entenda essa diferença.

Seguro parcial ou seguro completo: qual escolher?

Imagem: Getty Images

Seguro parcial

O seguro parcial inclui coberturas como incêndio, roubo e furto e não abrange as demais categorias, porém tem como vantagem um custo cerca de 20% menor. Para quem não quer ficar sem nenhum tipo de proteção no veículo, mas também não está com muito dinheiro para investir essa é a opção ideal.

Ele é bastante comercializado juntamente com o serviço de rastreamento e quando adquirido em conjunto tem um valor ainda mais reduzido. Contando com as duas proteções se garante uma maior segurança, pois caso o carro seja roubado ou frutado a possibilidade de encontra-lo aumenta e se isso não ocorrer se pode contar com a indenização da seguradora.

Seguro completo

Como o nome já diz ele oferece uma variedade de coberturas e além do incêndio, roubo e furto, ainda se conta com colisões, enchentes e danos a terceiros. Se pode incluir as coberturas adicionais como proteção para vidros, faróis, lanternas e outros.

Voltado para quem busca uma proteção mais completa por ter mais riscos envolvidos. O seguro completo é o mais comum vendido nas seguradoras e também pode ser utilizado junto com o sistema de rastreador.

Como escolher o seguro ideal

Não existe uma regra de qual o melhor seguro e sim aquele que atende melhor a necessidade do motorista, assim quem se preocupa mais com os roubos e frutos e corre menos riscos pode optar pelo seguro parcial.

Já quem fica muito tempo ao volante e enfrenta congestionamentos, podendo se envolver em acidentes, além de roubos, o seguro completo é mais indicado. Além dessas diferenças se deve verificar os valores cobrados para que eles caibam no orçamento.

Nos dois casos é possível contar com serviços de assistência 24 horas como guincho e socorro mecânico que acabam sendo bastante úteis em momentos inesperados.

Se a ideia é não abrir mão do seguro, seja ele qual for, mas não se tem muito dinheiro, uma boa opção é ter um rastreador no veículo. O serviço de rastreamento além de deixar o carro mais seguro, podendo ser localizado com facilidade, costuma conceder um desconto na hora de contratar o seguro uma vez que os riscos diminuem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pular para a barra de ferramentas