June 16 2014

Dafna Obadia

Rastreadores de veículos: o que mudou?

300x250

Fique a par das mudanças operadas desde a inclusão dos rastreadores veiculares na vida dos cidadãos brasileiros

No que concerne à avaliação das mudanças operadas pela introdução e massificação do uso de rastreadores veiculares no quesito da segurança, é importante referir que o contexto brasileiro tem sido positivamente beneficiado com esta tecnologia em toda a sua extensão territorial.

O primeiro ponto a destacar remete para a melhoria da eficácia no processo de recuperação dos veículos em situação de furto ou roubo, não somente em termos dos veículos particulares mas também dos veículos de carga, nomeadamente em áreas consideradas de risco (próximas de favelas, por exemplo). Sendo que os furtos e roubos são a principal razão apontada pelos consumidores para a aquisição e utilização frequente dos rastreadores, a verdade é que estes dispositivos se têm igualmente tornado importantes na prevenção destas ocorrências, já que se têm vindo a assumir como plataformas de comunicação, abandonando a função tradicional e limitada de informador face à velocidade, percurso percorrido e localização geográfica dos veículos em causa.

Nessa lógica – e aludindo ao segundo ponto que vale a pena destacar no âmbito da reflexão acerca das mudanças na segurança após a introdução dos rastreadores veiculares –, estes aparelhos têm vindo a despoletar o desenvolvimento de softwares cada vez mais eficazes que promovem uma melhoria da segurança através da captação de informais mais precisas e diversificadas que auxiliam na elaboração de estratégias mais definidas neste âmbito. Quer isto significar que hoje os rastreadores dispõem de novas características e funcionalidades que oferecem informações sobre percursos, condições das rodovias, estado do tráfego, o comportamento e a dirigibilidade dos motoristas e outros aspetos correlacionados – dados que são especialmente relevantes para as empresas de cargas e frotas, que têm nestes sistemas um mecanismo muito eficaz de gestão das mesmas, permitindo otimizar o seu uso, reduzir a ocorrência de acidentes e promover o potencial da sua cadeia de valores na sua totalidade.

Assim, é possível avaliar positivamente as mudanças no contexto da segurança operadas pela expansão dos rastreadores veiculares, tanto no segmento particular quanto no empresarial, sendo que vale a pena sublinhar que essa melhoria pode e deve ser potenciada continuamente pela procura das soluções que melhor servem os interesses e as necessidades do cliente em causa. Procurar um serviço que harmonize qualidade, tecnologia, boa capacidade de gestão da informação recebida associada a uma política user-friendly e a valores comportáveis é, por isso, um passo essencial para que os veículos se encontrem seguros em qualquer circunstância e localização geográfica.

Aproveite e faça uma cotação de quanto fica um rastreador para o seu carro.

Sobre o autor: Dafna Obadia

Dafna Obadia, escritora e assistente virtual, brasileira, paraense e natural da cidade de Belém. É amante do conhecimento, por isso, vem agregando ao seu embasamento acadêmico os cursos de Licenciatura em Letras (Língua Portuguesa / Língua Inglesa) na Universidade Anhanguera, Bacharelado em Direito na Universidade da Amazônia e Licenciatura em Música na Universidade do Estado do Pará. Sua meta atual é mergulhar no mundo da Tecnologia da Informação.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário

Os comentários estão encerrados.