September 24 2013

Roberta Clarissa Leite

14 dicas de como evitar roubos e furtos de carros

300x250

Se você quer inibir a ação de ladrões, saiba que algumas medidas consideradas simples, e às vezes deixada de lado pelos motoristas, podem evitar tentativas de furtos ou roubos de veículos. Decisões corriqueiras se tomadas diariamente pelos proprietários de automóveis podem fazer a diferença. Então vamos listar algumas dessaa atitudes que você deve tomar.

De acordo com a Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), algumas medidas são essenciais para evitar situações desagradáveis ou perigosas.

1) Regra básica: não deixe nada dentro do carro

Qualquer objeto dentro de um automóvel pode chamar atenção de ladrões, até mesmo se você deixar uma sacola vazia. Se você utiliza acessórios eletrônicos como adaptadores de iPods, carregadores ou suportes de GPS, não deixe eles à vista dos ladrões, qualquer objeto pode representar um atrativo.

Ao voltar para o carro depois das compras, trate de guardas as bolsas imediatamente dentro do porta-malas, não deixe para depois.

Aproveite e faça uma cotação de quanto fica um rastreador para o seu carro.

2) Não estacione em qualquer lugar, use o bom senso

Entre estacionamentos fechados e abertos, opte por locais fechados e seguros, óbvio. Mas se o jeito for estacionar em locais abertos, procure ruas mais iluminadas, dê preferência a locais em frente a prédios, onde há presença de porteiros e câmeras de segurança, evite lugares ermos e com iluminação fraca.

Se você estacionar seu carro pela manhã e só voltar à noite, saiba se aquele local é movimentado também durante à noite. Muitas vezes locias de comércio são cheios durante o dia e desertos à noite, tenha cuidado.

3) Nunca deixe documentos no carro

O maior erro é deixar dentro do carro a carteira de motorista e o registro do carro, isso facilita o ladrão vender seu carro ou usar o veículo. Outros papéis que passem informações sobre você ou sua conta bancária, como cartões, boletos bancários e também corresposdências não devem ser deixados dentro do carro. Se os ladrões tiverem esses dados em mãos, pode facilitar um roubo em sua conta ou até na sua residência.

4) Tenha certeza que você trancou o carro

Você sabia que esse erro é um dos mais comuns cometido pelos motoristas? Deixar o carro aberto é entragar de mão beijada, mesmo que você pare em algum lugar rapidamente, tranque seu carro. Há ladrões só esperando uma falha dessas para entrar em ação, geralmente em frente de padarias, postos ou bancas de revistas.

5) Evite colar adesivos com infomações pessoais

Sabia que através de um único adesivo os ladrões podem obter informações do proprietário? Por exemplo, um adesivo feminino pode indicar que uma mulher é a motorista, ou um adesivo que informe o nome de um estabelecimento de ensino, como uma faculdade cara, pode parecer que o proprietário tem dinheiro.

 6) Seja usuário de dispositivos de segurança visíveis

Alguns dispositivos são básicos e você deve tê-los: trancas de direção, correntes de direção, chaves interruptoras. Esse kit básico ajuda a afastar uma ação de roubo. Se visível ainda melhor, o ladrão quer facilidade, isso pode inibi-los.

7) Invista em equipamentos modernos de segurança

Rastreadores, bloqueadores e localizadores são exemplos de equipamentos de segurança considerados mais eficazes na prevenção a furtos e roubos.

Em uma tentativa de furto, o bloqueador interrompe  a ignição ou bloqueia  a bomba de combustível .

O localizador passa informações sobre o local onde o carro se encontra, a central de monitoramento pode localizá-lo e passar as informações para a polícia.

O rastreador, o mais avançado e o que representa o melhor investimento, informa onde o carro está, assim como o localizador, e com a vantagem de permitir a consulta mesmo sem ativar a central de atendimento.

 8) Evite passar informações para manobristas e flanelinhas sobre o tempo que você deixará seu carro estacionado

O melhor é sempre dizer “volto em daqui a pouco”, nunca passe a informação verdadeira sobre o tempo, isso inibe a ação de furtos.

9) Tenha cuidado com os chamados: “falsos mecânicos”

Há um golpe comum feito pelos “falsos mecênicos”. Pode acontecer de duas formas, quando o carro está estacionado ele faz mudanças na parte elétrica, como uma uma gambiarra, e quando você chega e tenta ligar o carro, ele não funciona. De repente, do nada, aparece ele oferecendo ajuda. Tenha o telefone de seu macânico de confiança ou do serviço do seu seguro auto e não aceite ajuda de estranhos.

Uma outra maneira, o ladrão finge ser um mecânico e diz que há algum problema com seu carro e diz que pode ajudá-lo, ao encostar o veículo o bandido investe na ação criminosa.

10) Namorar dentro do carro? Evite! Principalmente durante à noite e em lugares desertos

Parece óbvia, mas é uma das situações mais corriqueiras e fáceis para os ladrões atacarem. 

11) O melhor é não deixar a chave de seu carro com vigias de estacionamento e lavadores

Em determinadas situações é necessário, mas tente evitar. Uma cópia da sua chave pode ser feita rapidamente.

12) Caso precise dirigir em locais desconhecidos, planeje seu trajeto

Se você precisa ir até um lugar que nunca foi antes, tente fazer um intinerário prévio. Ao reduzir a velocidade para procurar alguma rua, ficar menos atento olhando placas, ou até  entrar em locais perigosos, pode ser um prato cheio para os criminosos.

 13) Sempre fique atento ao seu redor, principalmente ao entrar na sua garagem

Muitos crimes acontecem quando as pessoas estão chegando em casa para estacionar o carro na garagem, certifique-se que não há estranhos na rua, caso perceba algum movimento diferente, dê outra volta e informe a polícia. Caso haja parentes em casa esperando, sempre avise que você já está chegando.

14) Ao parar em um sinal vermelho, mantenha-se distante do carro da frente

É importante manter uma distância entre  o seu veículo e o carro da frente diante do sinal vermelho. Desta forma você terá mais visibilidade e em uma situação de perigo você terá espaço para arrancar o carro com rapidez.

Se você estiver dirigindo à noite, ao se aproximar de um semáforo fechado, apenas reduza a velocidade, sem parar por completo e ganhe tempo até o semáforo abrir novamente.

Sobre o autor: Roberta Clarissa Leite

Roberta Clarissa Leite é jornalista e radialista, com 10 anos de experência em radiofônia, é pesquisadora de literatura popular do nordeste brasileiro. Lançou em 2010 o documentário Nordeste que Rima, premiado pelo Ministério da Cultura do Brasil. Uma de suas paixões é viajar e compartilhar suas experiências com o público, além de estar sempre interessada em aprender novas línguas.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário

Os comentários estão encerrados.